NYT Escolhe Alunos da EAR!

Dois de nossos alunos da EAR foram escolhidos pelo NYT por sua opinião sobre se vale a pena viver até os 200 anos e como impedir o uso de linguagem abusiva online. Ambos são do 10º ano, Guilherme Pimentel (200 anos de resposta) e Maria Eduarda Albuquerque (Linguagem abusiva). A versão resumida está postada no link abaixo. Sua resposta completa está abaixo.

Link: https://www.nytimes.com/2021/05/06/learning/what-students-are-saying-about-friendship-stopping-online-abuse-and-living-to-200.html

Maria Eduarda (linguagem abusiva)

“Por mais que eu acredite que a internet é um lugar onde você pode expressar sua opinião, ela também pode ser um lugar muito tóxico. Muitos daqueles que fazem comentários maliciosos na internet não têm ideia de como aquele comentário pode causar um turbilhão de sentimentos no artista. Acredito que as plataformas sociais poderiam fazer uma filtragem para ver palavras específicas, porque há muitas pessoas que, além de comentários desagradáveis, fazem ameaças de morte. Mas mesmo as redes sociais filtrando esse tipo de comentário não ajudariam muito; eu acho a mudança tem que vir das pessoas e não das plataformas.”

Guilherme (200 anos)

“Viver 200 anos soa fantástico e exaustivo ao mesmo tempo. Imagine todas as experiências que você poderia viver, passando por gerações de seres humanos nascendo, estando são e salvo. Poder conviver com várias gerações de sua família, contando histórias sobre como era a vida em 2021 como um tataravô. Parece incrível; é como se você fosse um livro de história viva. No entanto, imagine ver todos os seus filhos ou mesmo netos que viu crescer, morrer. Além disso, é um fato que conforme você envelhece, você fica mais frágil. Aos 100 anos, você não pode fazer muitas coisas; imagine mais 100 anos depois disso. Embora pareça que viver 200 anos pareça extraordinário, eu prefiro viver até o meu limite. Portanto, não gostaria de viver 200 anos.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.